About

NÃO RECOMENDÁVEL À MENORES DE 18 ANOS E PESSOAS SENSÍVEIS. SE VOCÊ NÃO TEM ALGUM ED, POR FAVOR, SAIA. NÃO ME RESPONSABILIZO POR QUAISQUER DANOS ADQUIRIDOS COM A LEITURA DO MESMO. AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSA PÁGINA SÃO APENAS RELATOS DE SITUAÇÕES VIVIDAS PELA AUTORA.

sexta-feira, 6 de março de 2015

Eu sempre volto


Atualizado às 06h27: Fiz um Tumblr para postar thinspos com uma amiga. Espero que não seja excluído dessa vez. Sigam, se possível: http://skinny4better.tumblr.com


Começo agradecendo pelos comentários: muito obrigada, de coração.

Queria voltar e dizer que estou melhor. Que me tratei. Que as coisas estão diferentes. Que dessa vez é pra valer e eu consegui. Mas nunca é o caso.
Eu sempre prometo voltar. E eu sempre volto, mesmo que demore.

Muita coisa mudou, sim.
Tentei me alimentar melhor, tentei me esforçar mais, tentei deixar pra lá... Nada funcionou.
No fim do ano passado comecei um tratamento. Não 100%, porque menti pro psiquiatra.
Disse que me alimentava normalmente, que não tinha problemas com o meu corpo... Queria ter falado a verdade, mas não consegui. Bem, eu contei sobre a ansiedade e sobre os pesadelos e sobre não conseguir conversar com pessoas ou atender telefone ou a porta. O diagnóstico não foi uma surpresa: fobia social. Tomei os remédios por dois meses, aproximadamente, e parei de fazer questão.
Eu sei que ele não deveria fazer milagres, mas eu pensava mais em tomar todos de uma vez que em realmente melhorar. E aí eu piorei. A ansiedade tá 10 vezes maior. Meus dedos já não existem mais, de tanto roer, me dá vontade de chorar só de pensar em sair de casa, ao mesmo tempo em que quero fazer tudo, não quero fazer nada.
Voltei a miar. Mais ou menos. Quando consigo, eu mio. Mesmo com muito sangue e com muita dor.
Lembrei de falar sobre isso porque comecei a sentir pontadas na garganta agora.
Fiz algumas horas de nf essa semana. O máximo foi 36.
Aqui continua um inferno.
Digo que vou me alimentar melhor. (Eu quero me alimentar melhor!)
Mas ninguém me ajuda.
Comprei frutas e verduras. Eu sou a única que come aqui em casa.
Na verdade, a única que deveria comer. Tá tudo apodrecendo na geladeira.
Logo minha mãe vem dizer que não vai comprar mais, porque quando compra acontece isso. É a primeira vez em séculos que esse tipo de comida entra aqui em casa.
Ela só come fast food. Vive a base de pizza, croissant, pastel, sanduíche, energético, coca cola e cigarros. Vez ou outra come pão na chapa.
E ainda quer cobrar que eu seja saudável.
Estava tentando nf hoje. Consegui 18h, contando a partir de meia noite. 21, se contar o tempo que fiquei sem comer. Aí ela me trouxe 3 mini churros. Iguais aos do Habibs, mas sem o recheio. E eu comi. Depois comi 2 bananas e 3 framboesas. Iria fechar o dia com menos de 300 calorias. Aí faltando 15 minutos pra meia noite comi 2 fatias de pizza "vegetariana". Deu menos de 700 calorias no dia, mas pesou. Tentei miar e não consegui. Daí a dor de agora.
Pensei em fazer salada para o almoço e torta vegan de banana e salada de frutas para o almoço, pra não deixar tanta coisa perder. Mas quem comeria?
Chamei minha namorada (sim, ainda estamos juntas) e ela disse que amanhã (hoje) não pode. Tem visita em casa. Tudo bem. Chamei minhas amigas (mais colegas que amigas), que também tem t.a., mas amanha não dá.
É, não tá fácil.
Perguntei minha mãe se ela comeria se eu fizesse e ela nem fez questão de disfarçar a cara de nojo.
Minha irmã já vai fazer 6 meses e ela ainda não começou a se cuidar.
Não vai nem ver a criança crescer se continuar assim.
Ando pensando em suicídio de novo. Única coisa que tem me impedido é L. e A. (minha irmã e minha prima-quase-sobrinha). Ao mesmo tempo penso que seria melhor pra elas se não tivessem uma influência tão negativa por perto.
Tá complicado viver assim. E a pressão tá tanta...
Muita coisa aconteceu e eu queria contar, mas não vou conseguir hoje.
Desculpa pelo tamanho do post. Eu tinha muita coisa presa aqui dentro.
Ainda tenho. Mas meus olhos já estão embaçados e eu prefiro parar de escrever.
Não sei.
Deixa pra lá.
Uma hora eu volto.
Eu sempre volto.

5 comentários:

  1. Nossa que tenso! Aqui em casa tbm é assim , comida saudável smp estraga na geladeira :// já vou bisoiar seu tumblr HEUHEUEHU bgd por comentar no meu blog , bjao ^^

    ResponderExcluir
  2. Falar sobre trastorno alimentar para psicolos e psiquiatras não e uma boa ideia. Porque e isso que te move. Se vc tratar a ansiedade , meio caminho vai estar andado. Uma coisa leva a outra.. E isso que e ruim.. Já cheguei a receber esse diagnostico. Fiquei mais de um mês sem convivio social. Que encarretou mais dezena de fobias e psicose.. Tome cuidado. Se tem sangue, algo ñ esta bem! Também faço isso kkkk gasto dinheiro e mais dinheiro com alimentos saudáveis. Na hora fico super eufórica e determinada.. E quem disse q eu como? Sai da validade.. Apodrece. Estraga.. Dinheiro jogado fora! E difícil seguir dieta sozinha. Sem uma ajuda , de uma palavra. Que seja. A não linda.. Não pense nisso... Pensa positivo. Levanta a cabeça e segue! Um dia de cada vez! Não deixa o desanimo nem os problemas te impedirem! Cuide-se ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou tentar começar a comprar só quando estiver com vontade... Por ex, quero jantar alguma salada; vou no sacolão aqui pertinho e compro tudo o que vou precisar. Assim nada perde. Única parte difícil vai ser sair da cama pra comprar hahaha Enfim... Obrigada pelo comentário. Tô me esforçando muito pra ficar bem, embora minha tendência pro drama não deixe isso transparecer. XD <3

      Excluir
  3. Tb estraga tudo na geladeira, mas independentemente de ser comida saudável ou não. Esqueço. Como fora de casa. Qd como em casa nunca acabo com o alimento/pacote inteiro ou se acabo fico me sentindo um lixo obeso explodindo. Desisti já de comprar comida, quando tenho fome vou comer fora.
    Ah e gente obesa dentro de casa redobra o inferno porque ficam tentando te sabotar a dieta >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo. Quando não acabo com o pacote, ele sempre fica largado até se tornar completamente inconsumível; quando acabo, não preciso nem comentar. Meu maior problema é não conseguir comer fora, por causa das pessoas e, especialmente, porque estou tentando voltar à minha dieta vegetariana. ): Antes eu fingia que comia na rua, pra conseguir os nfs com minha mãe em casa, mas agora com a namorada no meu pé fica mais complicado. De qualquer forma, obrigada pelo comentário. <3

      Excluir